Hérnias
da parede abdominaL

HÉRNIA INGUINAL

O que é

A hérnia inguinal consiste em uma protuberância que se desenvolve na região da virilha, área em que há uma fraqueza na musculatura da parede abdominal. Há dois tipos de hérnia inguinal, a direta e a indireta. A HI direta está associada aos esforços diários, ao tabagismo e ocorre principalmente em idosos. Já a hérnia inguinal indireta – mais comum em crianças e  jovens – se forma devido à persistência do canal  do peritônio que se alarga e permite a passagem das estruturas abdominais para o canal inguinal.

Causas

O defeito congênito no canal inguinal é a principal causa para o aparecimento de hérnia inguinal. Entretanto, outros fatores de risco também podem estar associados, como histórico familiar de hérnia inguinal, parto prematuro ou baixo peso no nascimento, tosse crônica, constipação intestinal, histórico de trauma ou cirurgias abdominais, esforço físico com excesso de pressão no abdome, obesidade e tabagismo.

Sintomas

A hérnia inguinal se manifesta por uma protuberância ou inchaço na região inguinal após esforço abdominal e que pode sumir ao repouso. Geralmente está associado a dor ou desconforto na região.

Tratamento

A hérnia inguinal é geralmente de tratamento cirúrgico. O procedimento mais indicado para correção da hérnia inguinal é a Herniorrafia Inguinal Videolaparoscopica ou robótica, em que, através de três pequenos furos no abdomem realiza-se a redução do conteúdo da hérnia e reforça a musculatura com uma tela especial. Outra abordagem cirúrgica é a herniorrafia inguinal por via aberta na qual a correção é feita através de um corte na virilha. A videolaparoscopia permite uma recuperação mais rápida e menos dor. A robótica traz mais tecnologia e segurança para o cirurgião.

formulário de
contato