TUMORES DE PELE
E PARTES MOLES

CARCINOMA BASOCELULAR

O que é

O carcinoma basocelular é o tipo de câncer mais comum no Brasil e o tipo de câncer de pele mais recorrente, constituindo 70% dos casos. Felizmente, este é também o tipo de tumor menos agressivo. O carcinoma basocelular é originário das células basais, que começam a se multiplicar de forma desordenada, dando origem ao tumor. Quando diagnosticado e retirado precocemente, as chances de cura

da doença são altas.

Causas

Além do fator hereditário, a exposição cumulativa aos raios UV é a principal causa para este tumor. Pessoas de pele clara são as mais vulneráveis à doença, que se manifesta especialmente após os 40 anos. Outros fatores de risco são as radiações ionizantes e a exposição a agentes químicos, como o arsênico.

Sintomas

Geralmente, este tumor se manifesta por meio de um nódulo consistente ou de pápula rósea e telangiectasias (pequenos vasos sanguíneos visíveis, lesões que podem sangrar e formar crostas. Além disso, é comum surgir cicatrizes superficiais e placas avermelhadas e descamativas.

Tratamento

A excisão da lesão é um procedimento cirúrgico que visa a remoção do tumor por meio do corte da pele ao redor desta lesão, permitindo sua retirada. É usada tanto para remoção de lesões benignas quanto malignas. Em casos de câncer de pele, além da lesão, é removida uma margem de segurança, ou seja, uma parte da pele saudável ao redor da lesão, a fim de diminuir o risco de recorrência da doença. Uma técnica muito empregada  quando não é possível realizar a excisão simples é a Excisão de Lesão em Z, em que há a sutura das lesões da pele com rotação de retalho cutâneo.

formulário de
contato